quinta-feira, 28 de Julho de 2011

"Uma das melhores lojas da cidade"

A Time Out Lisboa chegou ao redondo número 200 e aproveitou para fazer uma viagem no tempo, capa a capa, semana a semana, para chegar a igual número das suas "melhores recomendações de sempre". (A revista número 6) "Foi uma das edições mais populares do arranque da Time Out, muito por culpa do hype à volta das lojas de conceito, que na altura estava no auge. Só ainda não se tinha percebido que a maior parte delas tinha vida curta, como prova o facto de só quatro das dez que escolhemos estarem abertas. Entre elas, claro, estava A Vida Portuguesa. Passam os anos e a loja de Catarina Portas continua original e mantém o título de ser uma das melhores lojas da cidade." Time Out, 27 de Julho 2011.

terça-feira, 26 de Julho de 2011

Motivos de Orgulho

A Vida Portuguesa figura na lista de 1.000 motivos de orgulho nacional compilada pela Notícias Magazine (na posição 800). "A loja de Catarina Portas nasceu da vontade de inventariar as marcas sobreviventes ao tempo, de revalorizar a qualidade da produção portuguesa manufacturada e de revelar o País de forma surpreendente."

A verdade é que nunca tivemos dúvidas de que temos muito de que nos orgulharmos; e não se surpreende que o Diário de Notícias tenha encontrado milhentas razões pelas quais "Ser de Portugal é Bom". Entre elas: Ach. Brito, andorinhas populares, chocolates Arcádia, Bordados de Viana, creme Benamor, cerâmicas Bordalo Pinheiro, café A Brasileira, brinquedos de madeira, Bolo de Mel, limpa metais Coração, pasta Couto, chá Gorreana, Licor Beirão, restaurador Olex, Vinho do Porto, Renova, Rebuçados de Ovo de Portalegre, chocolates Regina, conservas Risonho, Tenório e Tricana, flor de sal Salmarim, Viarco, farinhas Zélly. Todas elas, mesmo aqui debaixo do nosso tecto. Para além de tantas, tantas outras coisas deliciosas e maravilhosas que são as nossas. Que somos nós.

quarta-feira, 20 de Julho de 2011

terça-feira, 19 de Julho de 2011

"Sophisticated souvenirs"

O Wall Street Journal rendeu-se ao charme da Lisboa antiga e desta vossa loja. "A Vida Portuguesa (11 Rua Anchieta, avidaportuguesa.com) specializes in re-issues of long-forgotten but surprisingly of-the-moment toys, housewares, toiletries and food products—canned fish will suddenly seem like a sophisticated souvenir." (Texto de Chris Nuttall-Smith e fotos de Isabel Pinto).

segunda-feira, 18 de Julho de 2011

Ingrediente lisboeta

A pedido de muitas famílias e, à semelhança do que aconteceu na semana passada no Porto, repetimos em Lisboa o lançamento do livro "Ingrediente Secreto". Venha conhecer o chef Henrique Sá Pessoa e leve para casa um exemplar do livro autografado (ou quem sabe até o cabaz com o mesmo nome) - com muita, muita inspiração para o jantar. QUINTA-FEIRA, DIA 21 DE JULHO, ÀS 18H00, NA LOJA A VIDA PORTUGUESA DO CHIADO. RUA ANCHIETA 11. DELICIE-SE.

quarta-feira, 13 de Julho de 2011

Cozinhar sem segredos

Já não é segredo para ninguém que o chefe Henrique Sá Pessoa está a pôr os portugueses a cozinhar. E volta a deliciá-los com uma nova dose de receitas do livro que acompanha a série televisiva com o mesmo nome, "Ingrediente Secreto". E que é lançado aqui n' A Vida Portuguesa com pompa, circunstância e um cabaz especialmente concebido pelo chefe com a ajuda da Catarina Portas.

O cabaz "Ingrediente Secreto" reúne iguarias indispensáveis em qualquer cozinha portuguesa, com certeza, de que o chef não abre mão. Uma garrafa de azeite "Azal", uma embalagem de Flor de Sal (com azeitona) "Castro Marim", uma lata de Sardinhas em Azeite com Limão "José Gourmet" e uma embalagem de rebuçados tradicionais de mel e limão "Quinta Nova". Num alguidar de alumínio à moda antiga, acompanhado do livro "Ingrediente Secreto".

Henrique Sá Pessoa já correu mundo a aperfeiçoar a arte culinária. Trabalhou nos Estados Unidos, na Austrália e regressou a Portugal, passando pelas cozinhas do Lapa Palace, Xarope, La Villa, Bairro Alto Hotel, Hotel da Lapa e Sheraton Lisboa Hotel Spa. Foi eleito "Chefe Cozinheiro do Ano" em 2005, brindado com a Taça Horexpo em 2007 e distinguido "Chef do Ano" em 2008. Em 2009 realizou um sonho antigo ao abrir o seu próprio restaurante, "Alma". Pelo caminho, estreou-se na televisão com o programa "Entre Pratos", cujas receitas também foram publicadas em livro. Seguiram-se "Legumes sem Desculpas", "Curso de Cozinha" e agora o "Ingrediente Secreto", revelando propriedades e receitas de alguns essenciais culinários cuidadosamente escolhidos.

O CHEF VAI ESTAR EM PESSOA NA LOJA DO PORTO NA QUINTA-FEIRA DIA 14 DE JULHO, ÀS 18H00 PARA UMA SESSÃO DE AUTÓGRAFOS. Segredos destes não se querem bem guardados.

terça-feira, 12 de Julho de 2011

Verão às riscas

Tão certo como o Verão ser quente ou os gelados deliciosos, as praias portuguesas do início de século passado vestiam as suas (digníssimas) barracas de praia com este elegante tecido de riscas brancas e azuis. Também já as há verdes, vermelhas ou amarelas, mas o original, a lona a toda a prova, adequa-se hoje a novas utilizações. Cadeiras (de praia ou realizador), almofadas, pufs, sacos, estojos, aventais ou artigos essenciais para piquenique (disponíveis na loja online). Perfeitos para a praia, o campo, o jardim ou a cidade. Porque o charme, esse, é o mesmo de sempre.

segunda-feira, 11 de Julho de 2011

Retro-chique

"LISBOA INTEMPORAL. Famosa pelo seu carácter pitoresco e pelas vistas panorâmicas das suas colinas, Lisboa contrapõe uma modernidade exuberante à nostalgia do passado. Ou será só deliciosamente decadente?

LOJA AUTÊNTICA E CHIQUE. Em 2004, a jornalista Catarina Portas criou o conceito desta loja que recupera os antigos produtos portugueses nas suas embalagens originais: sabonetes Ach. Brito, sabonetes Confiança, andorinhas em cerâmica Bordalo Pinheiro, brinquedos de madeira... e ainda azeite, café, chá, farinhas... O regresso do retro-chique numa loja histórica na zona central do Chiado.

A VIDA PORTUGUESA, Rua Anchieta 11. Tel.: + 351 213 465 073 www.avidaportuguesa.com". Mario de Castro para a revista francesa "éclectique" de Julho-Agosto 2011.

sexta-feira, 8 de Julho de 2011

Indispensável Viarco

"Nascidos em 1907, em Vila do Conde, e registados em 1936, os artefactos que acompanharam a escrita e o desenho de várias gerações estão igualmente entre as lembranças de juventude de Júlio Magalhães.

Orgulhosamente só no mercado interno, a Viarco é, ainda hoje, a única fabricante de lápis em Portugal, mas os seus voos comerciais já a levaram até França, Alemanha e a outros destinos de exportação.

É que nem só dos sempre prosaicos instrumentos de madeira e grafite se faz o lote de artigos da marca: aguarelas e pigmentos aguareláveis, em grafite e numa vasta gama de cores, assim como funcionais blocos de papel são alguns dos demais produtos, dirigidos tanto a doutos como a leigos artistas."

A palavra a Júlio Magalhães: "Descobri os lápis VIARCO há um ano ou dois, a partir daí fazem parte do meu imaginário, fazem parte da minha vida. São os lápis que eu usava quando andava na escola, ando sempre com um lápis VIARCO e é com esses lápis que eu normalmente tiro todas as notas para depois me sentar ao computador e escrever um livro. É um produto nacional que eu não dispenso. Não sei quem teve a ideia mas foi recuperado e era o que eu usava há 30 ou 40 anos quando andava na escola primária. Diário de Notícias, 7 de Julho de 2011

quinta-feira, 7 de Julho de 2011

A conservar também se inova

"José Gourmet" é uma marca de conservas (e não só: azeite, vinagre, ginja, aguardente, compotas...) com atitude. Com uma aposta clara tanto na qualidade dos produtos como no charme cuidado da apresentação. Um projecto que ambiciona "um upgrade dos produtos portugueses, a pensar na inovação dos produtos tradicionais" e que promete "grandes surpresas".

O mentor do projecto, Adriano Ribeiro, em entrevista ao programa Você na TV: "queremos passar uma mensagem aos nossos jovens de que há muita coisa a fazer, pode-se sempre inventar e esta é uma das formas; portanto o país não morreu, não estamos condenados a viver depressivos, temos grandes, grandes qualidades."

quarta-feira, 6 de Julho de 2011

Palavra de escritora

"Folha espessa, capa dura, lombada em algodão. Se hoje a imersão nas novas tecnologias vulgarizou o uso do virtual em iPads e iPods, há não muito tempo os cadernos seriam, para escritores, pintores, actores e demais artistas, companheiros de todas as horas.

Lídia Jorge acredita que os artesanais cadernos Emílio Braga alcançaram recentemente uma dimensão cultural para além da comercial que lhes estava associada desde que são fabricados (1918). Transformaram-se num objecto de culto, afirma. Disponíveis em vários tamanhos, espessuras, cores e, actualmente, em países estrangeiros (Estados Unidos, Itália, Angola), por cá podemos encontrar os "galocha" na mentora Papelaria Emílio Braga e na loja A Vida Portuguesa, ambas em Lisboa." Do Diário de Notícias, edição de 6 de Julho de 2011.

sexta-feira, 1 de Julho de 2011

Viagem ao passado

A loja do Chiado em destaque no guia de Lisboa do El País: "El recorrido continúa por A Vida Portuguesa (Rua Anchieta, 11; 00 351 213 46 50 73; www.avidaportuguesa.com), una tienda con cerámica tradicional, jabones y objetos del pasado."

Porto by night

À noite, nem todas as lojas são pardas. Nas novas vitrines da loja do Porto, o destaque vai para os Xaropes de Refresco (Groselha e Capilé), os artigos Lona (maravilhosas cadeiras e sacos de praia), "Os Bordallianos" (cinco das sete criações de designers . E Sanjo... Sanjo e mais Sanjo.

A Vida Portuguesa. Clérigos, Porto. Rua Galeria de Paris 20, 1º.

Correr mundo

"Conservando as qualidades que fizeram a sua lenda, muito confortáveis, incrivelmente resistentes e giros que se farta, os ténis SANJO estão de volta, com a ambição de alcançar o mundo e correr com a concorrência, estrangeira inclusive. Porque não?" Agora disponíveis, em todo o seu colorido, também na loja online.